Quem lembra de um brunch vegano que eu fui em fevereiro aqui em Brasília? A Renata Dias estava começando a fazer esse tipo de evento, que vem ficando cada vez mais incrível. Ela faz a felicidade do público que não come nenhum ingrediente animal e tem conquistado cada vez mais pessoas pelo visual e pelo paladar dos produtos. Mas não para por aí, olha o capricho desse brunch de Halloween!

Não é porque é minha amiga não (hahaha), mas digo pra vocês que a Renata é uma doceira de primeira, e não só isso. Ela experimenta e faz tudo com muito capricho, sempre inovando e trazendo novos sabores e decorações. Tudo o que você ver vai ter uma apresentação maravilhosa e sempre tem novidade no cardápio. Ela é muito criativa e disposta, o que é maravilhoso para veganos que querem se integrar mais e mais no “mundo onívoro”!

Os eventos da Renata contam com uma mesa de salgados variados, dentre eles: quiches, calzones, pizzas, tortas, empadões e mini hambúrgueres. É de encantar quem acha que veganos não comem variedade, porque há todo tipo de produto que vocês podem esperar de uma padaria ou mesmo de uma festa, porque tem também croquetes, coxinhas e quibes e até pães de “queijo”, tudo sem nenhum ingrediente animal.

A minha parte preferida foi o calzone, que tinha uma massa fininha e com o sabor perfeito e delicado, vários recheios diferentes e muita coisa boa! E o que tinha nesses salgados? Recheios de berinjela, palmito, soja, croquetes de mandioca e jaca nas coxinhas. Parece estranho se você não é vegano ou não convive com um, mas a jaca verde pode ser matéria-prima pra um recheio muito parecido com frango desfiado, e é tão parecido que é até curioso!

A mesa de doces é o maior absurdo do mundo vegano que você pode imaginar. Retire todos os preconceitos da sua cabeça: veganos comem muuuiitooo além do alface. A Renata Dias tá aí pra provar que a gente pode comer verdadeiras obras de arte cheias de sabor e livres de crueldade.

Tortas, bolos e docinhos de pote não faltam aqui, sem limites pros sabores e pra diversidade na culinária vegana. Definitivamente não é algo que você vê todo dia e estar em um brunch organizado por ela é difícil porque dá vontade de provar tudo! Antes de me tornar vegana, eu era louca por torta de limão e sobremesas com chocolate em geral, e quando deixei de comer derivados de animais tive que desapegar disso, achando que estaria abrindo mão de sabores e texturas.

Definitivamente viver em 2017 em um mundo com pessoas que acreditam no impossível é a melhor época pra parar de consumir produtos animais, porque as ideias, como a Renata prova, são infinitas: cupcakes red velvet com cobertura de chantilly, bolos fofinhos de cenoura e outros sabores diferentes como pistache, tortas de limão, banana, brownie, escureto (um “negresco” de empresa que faz testes em animais), doces como cajuzinho, castelo de chocolate recheado de beijinho e outras coisas maravilhosas. Vou deixar as fotos falarem por mim.

Algumas dessas e outras fotos vocês podem ver no meu instagram! Além disso, se quiserem mais informações sobre comida vegana em Brasília, cheque meu Guia Vegano da cidade. E não deixe de ver a hashtag #guiaveganobsb_laluisite no instagram, porque sempre marco os lugares que visito e como delícias livres de crueldade!

Se você ainda não segue a Rê no instagram, clique aqui e siga agora mesmo pra se inspirar, babar, ver curiosidades ou desejar as maravilhas que ela fez, mesmo que você não seja de Brasília. E se você for daqui, não perca o próximo brunch!