Desde cedo, estou recebendo vários e-mails de empresas sobre sugestões de como comemorar o Dia Internacional da Mulher. Claro que querem que eu gaste meu dinheiro, então tem loja de roupa oferecendo desconto na linha feminina, outra sugerindo que eu compre sapatos e mais uma dizendo para que eu vá rir com as amigas hoje.

Não sou ignorante de pensar que não temos o que comemorar. Incríveis gerações de mulheres que vieram antes de nós decidiram subverter a ordem e reivindicar seus direitos, de ter a coragem de dizer a todos que também somos seres humanos, que começaram a desconstruir o conceito de o que significa ser mulher.

Em apenas 1 dia dos outros 364, temos a atenção voltada a todas as mulheres que ousaram romper com padrões milenares do patriarcado. Temos sim o que comemorar, mas temos muito pelo que lutar ainda também.

Infelizmente, não são só lojas de cosméticos e roupas que querem que eu “fique ainda mais linda” (se eu não quiser me enfeitar, não sou menos mulher por causa disso), mas também lojas grandes sugerindo desconto em máquinas de lavar.

Por isso não queremos uma flor no Dia da Mulher. Queremos 364 dias de respeito e igualdade, obrigada. Fiz um vídeo irônico sobre um “unboxing” com algumas das coisas que gostaríamos que mudassem no mundo. Vejam:

Juntas, somos mais fortes!

Beijos.