Você sabia que o glitter é feito de plástico? Até pouco tempo atrás eu ignorava essa informação, até que comecei a ver algumas pessoas falando sobre glitter biodegradável. Ao procurar um pouco mais sobre o assunto, descobri que o glitter e a purpurina convencionais são micropartículas de plástico PET, que não serão recicladas devido ao tamanho, e vão parar nos rios e oceanos junto com mais de 8 milhões de toneladas de plástico por ano. 

Há várias reportagens sobre “o problema do glitter” na internet como essa e essa, e muitas pessoas que se preocupam com o descarte e o manejo do lixo que produzem já estão chamando atenção para o assunto. Com o Carnaval chegando, muito mais gente se posiciona sobre isso porque é a época que mais adultos brincam com esses brilhos no ano… então eu decidi fazer um vídeo sobre o assunto, para conscientizarmos o maior número possível de pessoas possível.

No vídeo eu expliquei sobre o plástico, preocupação que eu já expressei em outros vídeos antes, e falei também sobre o impacto desse lixo minúsculo no oceano. Muita gente continua ignorando porque não quer deixar de brilhar nessa época do ano, mas não é preciso maltratar o planeta pra deixar aparecer sua face mais alegre e brilhosa!

Também falei sobre outros microplásticos que estão acabando com o planeta, a ponto do Reino Unido proibir seu uso. Muitos esfoliantes e pastas de dente inseriram esferas de plástico nos produtos e usamos muito sem refletir sobre o assunto. Tudo que vai pelo ralo abaixo vai parar em algum lugar! Como esse plástico não pode ser reciclado, acaba sendo ingerido por peixes, plânctons e outros animais pequenos e entra na cadeia alimentar, podendo inclusive chegar aos seres humanos – claro, os não-veganos hehe.

ALTERNATIVAS

Eu comentei sobre o assunto no instagram e pedi para que vocês me enviassem dicas de marcas que produzem glitter e purpurina que não poluem o meio ambiente. São de origem mineral, então retornam ao planeta sem causar dano algum.

Há a possibilidade de fazer o próprio glitter em casa com sal e corante alimentício – mas já recebi o feedback de que não se pode tomar sol com ele e de que ele não brilha e não fica bonito… então não vou recomentar porque não testei.

Esse ano, uma marca de cosméticos lançou um protetor solar com glitter que é bem lindo. A marca se chama Schock e esse muuuuita gente me mandou. Tem dourado e prateado, mas ambos estão esgotados no site.

Reuni aqui algumas marcas de glitter biodegradável pra passar pra vocês. Coloquei o endereço do instagram e alguns sites, e-mails e telefones para contato que encontrei na internet.

Pura bioglitter (@purabioglitter) – http://www.purabioglitter.com.br
Glitra (@glitra.bio) – info@glitra.org
Brilhow (@_brilhow_) – brilhow.vendas@gmail.com
Lá do Mato (@ladomatosaboaria) – www.ladomato.com.br
Com Amor, Florinda (@comamorflorinda) – http://www.comamorflorinda.com.br
Viva Purpurina Biodegradável (@vivapurpurina) – (51) 99656-8658
Pó de Estrela/Zim Color (@zimcolor) – http://www.zimcolor.com
Compartilhado Cosméticos Fermentados (@cosmeticosfermentados) – www.compartilhado.etc.br

A Lush também foi indicada porque é uma marca cruelty-free que tem produtos veganos e muitos produtos com brilho maravilhosos pra deixar o corpo brilhando, como essa barra iluminadora!

Por último, muita gente me indicou usar glitter alimentício. Porém é preciso cautela porque muitos desses ainda contêm plástico – um tipo “não-tóxico”, que é inerte no corpo, mas que mesmo assim vai poluir o meio ambiente. Então se opotar por essa opção, verifique os componentes.