Pudim no café da manhã? Pode, sim senhora!

Volta e meia faço um “pudim” de chia à noite e deixo na geladeira pra comer no café da manhã do dia seguinte. A coisa mais fácil do mundo: misturar chia com algum leite vegetal e adicionar o que você quiser. É um pouco parecido com o overnight oats que fiz aqui – um dos meus cafés da manhã preferidos e uma das melhores formas de incorporar mais frutas à dieta.

pudim de chia receita.JPG

Esse pudim de chia foi feito com leite de arroz. Utilizei 3 colheres de chá de chia com aproximadamente 100ml de “leite” vegetal (arroz, castanha de caju, amêndoas, soja…). Mexi bastante e depois de uns 15 minutos mexi de novo, porque o leite estava pesado e a chia estava subindo e não misturando toda. Você pode fazer como preferir, com mais chia ou menos chia, adicionar pastas (como pasta de amendoim, que eu também amo!), geleias e frutas. Nesse dia, coloquei geleia de damasco sem açúcar e alguns morangos frescos.

O incrível é que no outro dia, ele fica firme quase igual um pudim mesmo. E a textura é deliciosa. Consumir chia no café da manhã é sempre uma boa ideia, porque ela é rica em proteínas, fibras e ácidos graxos essenciais (como o ômega 3).

O pote que eu usei é de uma geleia que eu amo e sempre falo nos meus vídeos de “o que comi hoje”. Acho mais interessante usar um pote com tampa pra conservar melhor. Eu não adoço o pudim, porque como ele com esses adicionais mais docinhos, mas acho que colocar uma colherzinha de café de açúcar ajuda a acostumar com o gosto.

Essa foi a dica do Segunda Sem Carne aqui no blog! Espero que tenham gostado, toda segunda-feira posto receitas veganas de dicas para as refeições de todas as horas do dia.