Uma das coisas que eu mais amo fazer no meu canal é desmistificar a comida vegana. Excluir a proteína animal é algo que deixa muita gente com dúvida ou achando que a comida vai perder o sabor. Acontece que é a comida mais simples, mais saborosa e mais fácil de mexer… uma vez que você acostuma com ela. Vivemos em uma cultura muito centrada e dependente dos produtos animais, então eu entendo toda a problemática de quem “não entende o que vegano come”.

Por isso eu decidi filmar um pouco da minha festa de aniversário e compartilhar algumas ideias e  receitas com vocês!

Eu fiz um vídeo no canal mostrando tudo o que tinha, de salgados, opções de aperitivos, doces, sobremesas – acabei esquecendo de falar das bebidas, mas posso falar aqui: tinha guaraná, suco de caju e um refrigerante de gengibre caseiro (ginger ale) que eu amo fazer.

O ginger ale é feito com um xarope de gengibre + água com gás. Basta descascar gengibre e bater com um pouco de água. Em seguida, coe o gengibre e você vai obter um suco bastante concentrado. Meça a quantidade de suco e coloque em uma panela com o dobro da quantidade de açúcar (exemplo: para 100ml de suco, coloque 200g de açúcar). Leve ao fogo até engrossar. Quando esfriar, guarde o xarope e vá misturando aos poucos com água com gás.

SALGADOS

♥ Coxinhas de jaca (comprei no Apetit Natural, em Brasília) – (tem receita aqui http://gshow.globo.com/receitas-gshow/receita/coxinha-de-jaca-567b95ab4d3885374d000040.html)
♥ Croquetes de mandioca*
♥ Pão sem queijo (receita: http://laluisite.com.br/pao-sem-queijo-pao-de-queijo-vegano/)

para comer com as pastas:
♥ doritos vegano
♥ biscoitos de arroz
♥ palitos de cenoura e pepino

*croquetes de mandioca: cozinhei a mandioca por 8 minutos na pressão. Bati em um processador com alho e cebola em flocos. Adicionei sal. Peguei a mistura e coloquei farinha de trigo (pode ser farinha de arroz para versão sem glúten), cerca de 5 colheres de sopa. Moldei com a colher e fritei em óleo quente.

PASTAS

Hommus: deixe o grão de bico de molho por 12h. cozinhe na pressão por 30 minutos, até que esteja macio. Bata com tahine, alho e limão.

Pasta de castanha de caju: deixe as castanhas de molho por 2h, se forem cruas, ou 4h se forem cozidas. bata com sal, limão e levedura de cerveja.

Pasta de tofu com azeitonas: escorra e lave o tofu. bata com azeitonas pretas, se quiser adicione azeite. prove o sal e corrija se necessário.

Guacamole: escolha um abacate bem maduro (o meu preferido é o abacate manteiga) e misture com cebola, sal e limão. Pode amassar com o garfo ou colocar no processador. Misture também cheiro verde e tomate para mais sabor.

DOCES

♥Cajuzinhos: bata pasta de amendoim com frutas secas (pode ser tâmaras, ameixas ou uvas passas) até que esteja em uma textura boa para enrolar. Passe no açúcar cristal ou na farinha de amendoim.

Brigadeiros: bati 1 lata de doce de leite vegano com 1 lata de leite de amêndoas (pode ser o leite vegano da sua preferência, mas não recomendo de soja porque o gosto fica forte), 4 colheres de sopa de açúcar demerara e 4 colheres de sopa de farinha de aveia. Adicione cacau a gosto – eu coloquei 5 colheres de sopa de cacau em pó 70%. Mexi na panela por muuuuito tempo, até depois de começar a desgrudar do fundo, pra ter certeza que seria bom de enrolar. Ficou na geladeira por 2h. Passei no granulado de chocolate e colorido.

♥Biscoito recheado escureto
♥Skittles
♥Bolo vegano com recheio de coco e abacaxi (bolo da Rê @renatadiascozinhavegana. Sigam no insta!).

Espero que o vídeo sirva de inspiração para as festas veganas de vocês!